This content is not available in your region

Resistência ucraniana ganha cada vez mais membros

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Apoiantes de Zelenskyy em Tbilissi, Geórgia
Apoiantes de Zelenskyy em Tbilissi, Geórgia   -   Direitos de autor  VANO SHLAMOV/AFP

Antes da ofensiva russa, circulavam imagens de civis ucranianos a receber treino militar. Agora vão passar à prática.

Os habitantes de Lviv, por exemplo, fazem barricadas com materiais de construção civil enquanto há tempo para organizar a resistência que está, de facto, a surpreender pela eficácia entre a desigualdade de recursos e uma motivação inabalável.

O ministro da Defesa britânico escreveu no Twitter que "a escala e força da resistência ucraniana continuam a assombrar a Rússia, que responde atacando áreas habitadas em Kharkiv, Chernihiv e Mariupol".

Na procura incessante de apoios, Volodymyr Zelenskyy divulgou o vídeo de uma conversa virtual com o multimilionário Elon Musk. Segundo o presidente ucraniano, Musk vai enviar para as cidades destruídas sistemas Starlink, que permitem ligação à internet por satélite em zonas sem acesso.

Zelenskyy anunciou também manter um diálogo regular com o presidente americano, Joe Biden, que lhe garantiu mais ajudas.

Em Kiev, os voluntários organizam as roupas e comida que vão chegando para responder às crescentes necessidades.