Super-veleiro russo arrestado em Itália

Super-veleiro russo arrestado em Itália
Direitos de autor VALERY HACHE / AFP
Direitos de autor VALERY HACHE / AFP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Embarcação foi ligada a uma das empresas de um oligarca russo

PUBLICIDADE

Autoridades italianas arrestam super-veleiro "SY A", avaliado em 530 milhões de euros. A propriedade da embarcação de luxo, atracada no porto de Trieste, é atribuída ao oligarca russo Andre Melnichenko, que faz parte da lista de financiadores de Vladimir Putin, alvo de sanções da União Europeia.

Melnichenko, com negócios ligados à metalugia e exploração mineira, é o nono homem mais rico da Rússia. Viu o seu nome adicionado à lista de pessoas que ficam sujeitas ao congelamento de bens e proibição de circulação em espaço europeu.

O "SY A" é apontado como o maior iate à vela do mundo. 

A polícia italiana de crimes financeiros disse ter provas de que o veleiro é "indirectamente atribuível, através de uma empresa sediada nas Bermudas, a Andrei Melnichenko".

No início deste mês, a Itália apreendeu bens de outro oligarca russo no valor de cerca de 140 milhões de euros, incluindo o "Lady M Yacht", uma embarcação avaliada em 65 milhões de euros pertencente ao magnata dos metais Alexei Mordashov.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ataques em Zaporíjia: "Estamos perigosamente perto de um acidente nuclear"

Ucrânia roda batalhões e condecora soldados em Kiev

Como a ucraniana Valeriia, de 17 anos, escapou a um campo de reeducação russo