This content is not available in your region

Atual primeiro-ministro de Malta declara vitória nas legislativas

Access to the comments Comentários
De  Euronews  com EBU, MaltaToday, AP
euronews_icons_loading
Atual primeiro-ministro de Malta declara vitória nas legislativas
Direitos de autor  Ludovic Marin/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved

O Partido trabalhista declarou vitória nas Eleições Legislativas em Malta. O candidato do partido é o atual primeiro-ministro do país, que disse ter obtido a maioria dos votos.

Os resultados ainda não são conhecidos mas Robert Abela reivindicou vitória num comunicado por áudio à televisão estatal. O atual chefe de Governo disse que os trabalhistas conseguiram a maioria dos votos mas não revelou dados.

Se verificada a vitória, este será o primeiro mandato em que Robert Abela é eleito pelo povo, tendo em conta que foi nomeado chefe de Governo em janeiro de 2020, depois de Joseph Muscat se demitir, pressionado por suspeitas de corrupção e influência no caso da jornalista de investigação Daphne Caruana Galizia, que foi assassinada em 2017.

Joseph Muscat, antigo primeiro-ministro, publicou nas redes sociais a reação à declaração de vitória de robert Abela. 

"Malta voltou a falar", escreveu o ex-chefe de governo de Malta, numa fotografia com as duas filhas. 

Taxa de abstenção recorde

A afluência às urnas é normalmente superior a 90%, em Malta. 

Nestas eleições, as primeiras em que há eleitores a partir dos 16 anos de idade, a afluência não deverá ultrapassar os 85%, de acordo com a comissão de eleições.

É o nível de abstenção mais baixo desde que a ilha se tornou independente do Reino Unido, em 1964.