EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Navio em Marselha será abrigo temporário para 1600 refugiados

Navio em Marselha será abrigo temporário para 1600 refugiados
Direitos de autor MTI
Direitos de autor MTI
De  euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A casa temporária flutuante terá tradutores, educação para as crianças, cuidados infantis e uma creche

PUBLICIDADE

Chegaram a Marselha, França, 1600 refugiados ucranianos que fugiram da guerra. À falta de espaço em hotéis e noutros locais, as autoridades decidiram fazer de um navio a casa temporária para estas famílias.

Christophe Mirmand, representante da região de Provence-Alpes-Côte d'Azur, diz que o navio terá, à disponibilidade de quem chega, "apoios sociais, formação em unidades de saúde, educação para as crianças, cuidados infantis e uma creche.". 

Embora o navio seja confortável, é difícil, para quem largou tudo, esquecer quem ficou para trás, no meio do conflito.

Uma jovem ucraniana contou aos jornalistas que a avó ficou em Kharkiv, na Ucrânia. "Vive no 12º andar de um prédio" e tem "dificuldade em descer as escadas todos os dias para ir para o abrigo". Diz que em Marselha "está tudo calmo" mas ninguém se sente verdadeiramente "em paz", porque "eles continuam a bombardear-nos todos os dias".

O governo francês contratou também tradutores para ajudar na logística de quem pede asilo temporário.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Refugiados: Trabalhar e retomar a vida noutra terra

Primeiro grupo de refugiados ucranianos aterra na Alemanha

Bruxelas reforça medidas de apoio aos refugiados da Ucrânia