EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Vinte refugiados ucranianos chegam ao Japão

Chegaram a Tóquio, no Japão, refugiados ucranianos
Chegaram a Tóquio, no Japão, refugiados ucranianos Direitos de autor Eugene Hoshiko/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved
Direitos de autor Eugene Hoshiko/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved
De  Euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O país acolheu até ao momento quatrocentos ucranianos.

PUBLICIDADE

De Varsóvia para Tóquio... Vinte refugiados ucranianos que partiram para a Polónia encontraram no Japão a segurança que procuravam quando fugiram da guerra. O número é uma gota de água na onda de mais de quatro milhões e duzentos mil refugiados que o conflito na Ucrânia já desencadeou, a esmagadora maioria dos quais encontra-se em países vizinhos.

Oriunda de Kiev, Viktorria Romashova comoveu-se e começou a chorar, após aterrar, na terça-feira, no Aeroporto Internacional de Tóquio.

Quando chegámos, as pessoas receberam-nos de braços abertos, como família. A guerra é, realmente, cruel.
Viktorria Romashova, refugiada ucraniana

Acompanhada pelo seu filho de 13 anos, Viktorria apanhou outro voo para Osaka, onde a sua mãe, Shigeyama Neri, os esperava. Casada com um nipónico, a sua mãe vive no Japão há vinte anos.

Com uma língua, e uma cultura, muito diferente da ucraniana, o país é o destino final de uma viagem longa e angustiante que começou há semanas atrás em Kiev... Por agora, Viktorria e seu filho encontram consolação nos braços de Shigeyama Neri.

Os vinte refugiados foram transportados por um avião do governo japonês. Recorde-se que o Japão acolheu até ao momento quatrocentos refugiados ucranianos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Alegações de crimes de guerra na Ucrânia

Zelenskyy: Rússia está a cometer "os mais terríveis crimes de guerra"

As imagens da guerra: veja a galeria das fotos mais recentes da invasão russa na Ucrânia