EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Tribunal brasileiro trava exploração de mina de ouro na Amazónia

Floresta Amazónica
Floresta Amazónica Direitos de autor LUNAE PARRACHO/AFP
Direitos de autor LUNAE PARRACHO/AFP
De  Euronews com AP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Decisão suspende o projeto de empresa canadiana, devido a irregularidades.

PUBLICIDADE

Os indígenas da Amazónia brasileira podem voltar a respirar de alívio depois de um tribunal federal ter travado a exploração de uma grande mina de ouro a céu aberto em área florestal. O veredito, dado a conhecer esta segunda-feira, volta a frustrar as ambições da empresa canadiana Belo Sun Mining Corp., companhia que já em 2017, tinha recorrido de uma decisão judicial semelhante.

Na altura, os juízes consideraram que a consulta aos indígenas locais e o estudo dos impactos sociais e ambientais do projeto não correspondiam aos padrões exigidos pela Fundação Nacional do Índio.

Agora, numa votação de 3-0, o tribunal manteve a decisão anterior, mas a Belo Sun ainda pode recorrer da sentença para um tribunal superior.

O projeto Volta Grande, como é conhecido, está localizado no estado do Pará. numa área a escassos quilómetros da terceira maior barragem hidroelétrica do mundo, infraestrutura responsável por ter reduzido o caudal do rio Xingu, colocando em perigo a sobrevivência de espécies endémicas e a fonte de alimento primordial das comunidades locais.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Bolsonaro defende exploração mineira na Amazónia

Fogos na Amazónia tornam Manaus irrespirável

Supremo Tribunal Federal derruba tese do marco temporal