This content is not available in your region

"Fenomenal Nadal": 14 vitórias em Roland-Garros, 22 Grand Slams

Access to the comments Comentários
De  Ricardo Figueira
euronews_icons_loading
Rafael Nadal imparável
Rafael Nadal imparável   -   Direitos de autor  Christophe Ena/AP

É um recorde absoluto que há alguns anos poderia parecer inimaginável: 14 títulos de Roland-Garros para um só homem: Aos 36 anos, Rafael Nadal, o fenómeno de Maiorca, triunfou mais uma vez na final do Open de França e conseguiu assim a 22ª vitória num torneio do Grand Slam.

O rei da terra batida não teve qualquer dificuldade em bater o adversário, o norueguês Casper Ruud, estreante em finais do Grand Slam. Depois de dois sets em que o norueguês deu alguma luta e esteve apostado em mostrar que o espanhol não iria vencer tão facilmente, ambois ganhos por Nadal por 6-3, a terceira e decisiva partida foi vencida sem apelo nem agravo por 6-0.

Também este domingo, na final de pares femininos, a vitória ficou em casa. As francesas Caroline Garcia e Kristina Mladenovic derrotaram as norte-americanas Coco Gauff e Jessica Pegula. Gauff sofreu assim um segundo revés, depois de ter perdido, no sábado, a final de simples femininos contra a polaca Iga Swiatek, que repetiu a vitória de 2020 ao vencer por 6-1 e 6-3.