This content is not available in your region

Vladimir Putin acerta com Bolsonaro reforço da cooperação agrícola

Access to the comments Comentários
De  Francisco Marques
euronews_icons_loading
Putin de visita Bolsonaro em Brasília, em 2019
Putin de visita Bolsonaro em Brasília, em 2019   -   Direitos de autor  AP Photo/Pavel Golovkin, Pool

O Presidente da Rússia revelou a intenção de reforçar a parceria com o Brasil, incluindo a cooperação em áreas como a agricultura e a energia.

O anúncio surgiu esta segunda-feira, após uma conversa telefónica entre Vladimir Putin e Jair Bolsonaro em que a segurança alimentar global foi aprofundada.

"A importância de restaurar a arquitetura do mercado livre de produtos alimentares e fertilizantes que foi destruído pelas sanções ocidentais foi sublinhada", acrescentou o Kremlin.

Os dois presidentes já se tinham encontrado este ano em Moscovo, em fevereiro, antes da invasão da Ucrânia, e voltaram a falar na recente cimeira virtual dos BRICS, sigla que une cinco das maiores economias em desenvolvimento (Brasil Rússia, Índia, China e África do Sul).

Putin explicou a Bolsonaro o ponto de vista russo sobre as causas da atual crise agrícola no mundo e assegurou ao líder brasileiro que a Rússia tudo vai fazer para "manter de forma ininterrupta o fornecimento de fertilizantes" ao Brasil, país que terá um papel internacional importante em julho, mês em que vai assumir a presidência rotativa do Conselho de segurança da ONU.

Bolsonaro terá demonstrado o mútuo interesse brasileiro em reforçar a cooperação com a Rússia, nomeadamente nas referidas áreas da agricultura e da energia.