This content is not available in your region

Começa a corrida para substituir Boris Johnson

Access to the comments Comentários
De  Patricia Tavares
euronews_icons_loading
Novos candidatos ao cargo de primeiro-ministro do Reino Unido sucedem-se
Novos candidatos ao cargo de primeiro-ministro do Reino Unido sucedem-se   -   Direitos de autor  Daniel Leal/AP

Começou a corrida para substituir Boris Johnson. Os novos candidatos ao cargo de primeiro-ministro do Reino Unido sucedem-se depois da demissão do líder do Partido Conservador britânico.O processo formal de candidaturas tem início na próxima semana e surgem mais nomes de possíveis candidatos.

Um dos favoritos ao lugar é o antigo Ministro das Finanças Rishi Sunak. Já o Ministro da Defesa, Ben Wallace, saiu da corrida depois de ter considerado a situação cuidadosamente segundo as suas palavras.

A Secretária de Estado do Comércio Penny Mordaunt também se candidata à função. Também é esperado que a atual Secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros Liz Truss, se chegue à frente nos próximos dias. Deputados como Tom Tugendhat, Suella Braverman e Kemi Badenoch também já demonstraram interesse.

Depois de ter tido uma espécie de primeiro-ministro interessante, o Partido Conservador provavelmente vai querer alguém que seja um pouco menos estimulante. Em comparação com Boris Johnson, quase qualquer um dos candidatos seria um pouco menos estimulante, mas competente.
Tony Travers
Professor na London School of Economics

Acrescentando que será necessário alguém que pareça competente, que possa fazer com que o governo arrume um pouco a casa e que pareça um governo conservador mais normal a liderar o país". Boris Johnson demitiu-se na quinta-feira depois de uma crise política sem precedentes e de escândalos repetidos que fizeram com que Bojo abandonasse o cargo. No entanto, Johnson mantém-se em Downing Street até que o sucessor seja nomeado. Tudo indique que não haverá um novo líder até depois do Verão.