This content is not available in your region

Kiev prepara saída de navios

Access to the comments Comentários
De  Euronews  com EFE
euronews_icons_loading
Ataque no Porto de Odessa
Ataque no Porto de Odessa   -   Direitos de autor  Evgeniy Maloletka/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved

Apesar do ataque ao porto de Odessa, este fim de semana, a Ucrânia continua a preparar navios para começar a exportar cereais. A garantia foi dada pelo porta-voz da administração regional de Odessa. Também o ministro das Infraestruturas falou esta segunda-feira sobre sobre o assunto e disse que os barcos devem começar a sair no final da semana. 

A partida de navios dos portos ucranianos no Mar Negro terá lugar no quadro do acordo assinado a 22 de julho em Istambul, disse Oleksandr Kubrakov. De acordo com as suas estimativas, a reabertura dos portos permitirá a exportação mensal de cerca de 3 milhões de toneladas, o que trará à Ucrânia receitas adicionais mil milhões de dólares. Kubrakov disse que o centro de coordenação em Istambul para supervisionar o funcionamento do corredor humanitário para o escoamento de cereais começará a funcionar na próxima quarta-feira. Os trabalhos de desminagem serão efetuados exclusivamente nos corredores criados para permitir a saída das cargas de cereais e todos os navios serão acompanhados por navios do Ministério das Infraestruturas, acrescentou.

Do lado da Rússia, e sobre os ataques deste fim de semana, o ministro dos Negócios Estrangeiros disse que não há nada nos compromissos que Moscovo assumiu, incluindo os acordos assinados a 22 de julho em Istambul, que possa travar a “operação militar especial” e proibir a Rússia de atingir infraestruturas e outros alvos militares.