This content is not available in your region

El Salvador anuncia prolongamento do regime de exceção

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Supostos membros de gangues detidos pela polícia em El Salvador
Supostos membros de gangues detidos pela polícia em El Salvador   -   Direitos de autor  Salvador Melendez/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved

El Salvador anunciou o prolongamento do regime de exceção por mais cinco meses depois de ultrapassar os 50 mil membros de gangues detidos no país.

O anúncio tem lugar pouco mais de quatro meses depois do presidente Nayib Bukele ter declarado "guerra contra a violência dos gangues".

Nas redes sociais, a Casa Presidencial afirma que as autoridades conseguiram retirar das ruas "milhares de terroristas".

A Assembleia Legislativa, dominada pelo partido Novas Ideias, partido no poder, prolongou pela quinta vez o regime de exceção. 

Durante mais seis meses o país permanecerá sob restrições severas que incluem a suspensão da liberdade de associação, reunião e defesa.

Entre a população de seis e meio milhões de pessoas, o Presidente Bukele continua a gozar de níveis elevados de popularidade.

No entanto, organizações salvadorenhas e internacionais já denunciaram possíveis violações de direitos humanos, em particular detenções arbitrárias assim como várias mortes ocorridas nas prisões sobrelotadas.

 Informações recolhidas na imprensa local referem a morte de pelo menos 69 pessoas à guarda do estado.