This content is not available in your region

Trump tenta bloquear análise de documentos apreendidos pelo FBI

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Donald Trump, ex-presidente norte-americano.
Donald Trump, ex-presidente norte-americano.   -   Direitos de autor  AP Photo

Nos Estados Unidos da América, Donald Trump já reagiu às buscas feitas pelo FBI na sua residência em Mar-a-Lago, no Estado da Flórida.

No início do mês, as autoridades apreenderam vários documentos classificados como “secretos ou ultrasecretos” da casa do ex-Presidente. Segundo o The New York Times, tratam-se de mais de 300 ficheiros.

Esta segunda-feira, o bilionário recorreu a um tribunal americano, pedindo a nomeação de um perito independente para acompanhar o caso. O objetivo: examinar os ficheiros e determinar se alguns deles poderão permanecer confidenciais. Este procedimento poderá levar a que a análise dos documentos seja temporariamente suspensa.

O antigo Presidente continua a alegar que os ficheiros que estavam na sua posse eram desclassificados.

Trump é suspeito de ter violado artigos do Ato contra a Espionagem, que faz parte de uma legislação que proíbe a manipulação de documentos confidenciais, particularmente relevantes na área da defesa nacional.