This content is not available in your region

Longa espera para dizer adeus à rainha

Access to the comments Comentários
De  Teresa Bizarro  com Agências
Ao romper do dia, em Londres, a fila para Westminster Hall já tinha mais de 7 quilómetros
Ao romper do dia, em Londres, a fila para Westminster Hall já tinha mais de 7 quilómetros   -   Direitos de autor  Petr David Josek/AP

Mais de sete quilómetros de fila e 11 horas de espera para entrar em Westminster Hall. Cálculos feitos ao princípio da manhã esta sexta-feira pelas autoridades britânicas. A despedida de Isabel II mobiliza e comove milhares de pessoas.

À saída do edifício onde funciona o Parlamento os cidadãos partilham a experiência. Para Christine Hinze "foi muito tranquilo, muito respeitoso. Ninguém estava a falar. Apenas pessoas a prestar a sua homenagem de forma bastante comovente"

Elizabeth Bruno fala de uma "experiência maravilhosa". "Queríamos prestar a nossa homenagem e foi o que fizemos. Sei que nunca a conheci cara a cara, mas é como se ela fosse uma avó. Vejo-a como uma avó e ela era uma senhora maravilhosa e poderosa," acrescenta.

Na Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova Iorque, a homenagem arrancou com um minuto de silêncio. O Secretário-Geral da ONU destacou-lhe o papel de grande dinamizadora da Commonwealth.

"Na primeira parte de um reinado notável, viu muitas nações ganharem independência da Grã-Bretanha e a formação da Commonwealth, um grupo multilateral diversificado. Os membros da Commonwealth estão entre os mais firmes apoiantes das Nações Unidas e juntamo-nos a eles neste luto," declarou Antonio Guterres.

Filhos prestam homenagem à mãe

Carlos III e os irmãos são anfitriões numa vigília por Isabel II, esta sexta-feira ao fim do dia, em Westminster Hall.

Antes, o rei e a rainha consorte visitam o País de Gales, cumprindo em Cardiff o périplo pelas nações que compõem o Reino Unido.

Na capital, continuam os preparativos para o funeral da rainha na segunda-feira. A Abadia de Westminster vai acolher cerca de dois mil convidados, entre os quais muitos chefes de estado e de governo.