EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Encontradas vala comum e zona de sepulturas individuais em Lyman

AFP
AFP Direitos de autor AFP
Direitos de autor AFP
De  Euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Somam-se as descobertas macabras feitas pelas autoridades ucranianas

PUBLICIDADE

As autoridades ucranianas encontraram esta sexta-feira em Lyman, na Ucrânia, uma zona de sepulturas individuais com mais de 200 corpos de civis. Foi também encontrada uma vala comum com dezenas de militares e civis mortos. Ainda não há precisão do número de vítimas aqui localizadas.

São as descobertas do exército de Zelenskyy durante a recuperação de território, nas zonas ucranianas anexadas por Putin.

Ucrânia a recuperar território

Na mensagem diária, o presidente ucraniano confirma que só nesta semana Kiev conseguiu recuperar 776 quilómetros quadrados de território no leste do país e 29 vilas, incluindo seis na região de Luhansk.

No total, a Ucrânia já reconquistou 2.434 quilómetros quadrados e 96 vilas.

Zelenskyy pediu à comunidade internacional "ataques preventivos" contra a Rússia. Mais tarde esclareceu que queria dizer "sanções preventivas". 

A Rússia não acreditou no engano. Sergey Lavrov, Ministro russo dos Negócios Estrangeiros, usou o lapso do presidente ucraniano no último discurso. Lavrov afirmou que Zelenskyy "convocou os mestres ocidentais" para lançarem "um ataque nuclear" contra o Kremlin. 

O prolongamento da guerra está a aprofundar a crise humanitária. Faltam água, alimentos básicos e produtos de higiene a milhares de ucranianos, especialmente nas zonas que foram libertadas do controlo russo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Lyman e Kharkiv a braços com a destruição deixada pela ocupação russa

Vala comum com mais de 400 corpos descoberta em Izium

Zelenskyy pede fim das restrições à utilização de armamento norte-americano contra a Rússia