EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Recep Tayyp Erdogan admite ceder o poder na Turquia aos jovens em 2028

Erdogan na cimeira do G20, na Indonésia, em novembro
Erdogan na cimeira do G20, na Indonésia, em novembro Direitos de autor AP Photo/Firdia Lisnawati
Direitos de autor AP Photo/Firdia Lisnawati
De  Euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Presidente da Turquia lançou este fim de semana a corrida eleitoral às presidenciais de junho e, em caso de vitória, sugeriu ser o derradeiro mandato na liderança

PUBLICIDADE

Recep Tayyp Erdogan sugeriu este sábado estar prestes a deixar o poder na Turquia. Prestes... significa, ainda assim, 2028.

O presidente lançou a corrida eleitoral às presidenciais de 2023 e afirmou poder ser este, em caso de vitória, o último mandato na liderança da Turquia, revelando a pretensão de entregar os destinos do país aos jovens.

Erdogan está no poder desde 2003, onde chegou como primeiro-ministro, mas desde a revisão constitucional de 2018, passou a ser presidente com poderes reforçados na chefia do governo.

As presidenciais na Turquia estão marcadas para junho.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Oposição turca escolhe candidato comum para enfrentar Erdogan em maio

Youtuber Diamond Tema deixa a Turquia após ameaças de prisão

Líderes dos rivais regionais Grécia e Turquia reúnem-se para estreitar relações