Acordo histórico na Conferência da ONU sobre a biodiversidade no planeta

Baleias em festim alimentar
Baleias em festim alimentar Direitos de autor Wildlife Conservation Society (WCS)
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os mais de 190 países presentes na Conferência da ONU em Montreal, no Canadá, aprovaram a proteção de 30% do planeta até 2030 com um pacote anual de ajuda aos países em desenvolvimento. Houve apenas um voto contra

PUBLICIDADE

Acordo histórico para tentar travar a destruição da biodiversidade e dos recursos indispensáveis da natureza no planeta. 

Os mais de 190 países reunidos na Conferência das Nações unidas sobre a Biodiversidade, que está a decorrer em Montreal, no Canadá, chegaram a um acordo para proteger 30% do planeta até 2030 e para desbloquear 30 mil milhões de dólares de ajuda anual à conservação da biodiversidade por países em desenvolvimento.

Apenas a República Democrática do Congo se opôs.

"Demos juntos um passo histórico em frente", disse Steven Guilbeault, o Ministro do Ambiente do Canadá, o país anfitrião da cimeira.

A conferência, COP15,  decorreu sob égide da China, que presidiu aos trabalhos e deu um contributo decisivo para que o mundo alcançasse este acordo.  

O principal objetivo da Conferência era a adopção do quadro global de biodiversidade pós-2020. 

O Projeto lançado em Julho de 2021, baseiava-se nas lições aprendidas com o Plano Estratégico para a Biodiversidade 2011-2020 e as suas Metas de Biodiversidade, onde se reonhecia que era necessária uma ação política urgente a nível global, regional e nacional para transformar os modelos económicos, sociais e financeiros de modo a que as tendências que exacerbaram a perda de biodiversidade se estabilizem até 2030 e permitam a recuperação dos ecossistemas naturais, com melhorias líquidas até 2050.

O ministro chinês da Ecologia e Ambiente, Huang Runqiu, que presidiu à conferência, disse que a China não pouparia esforços para alcançar o acordo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Desflorestação em cima da mesa da Conferência da biodiversidade da ONU

OCP assume o compromisso do restauro da biodiversidade em África

Quase 30% das espécies do planeta ameaçadas