EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Bens de Isabel dos Santos arrestados

Isabel dos Santos é a filha mais velha do ex-presidente angolano José Eduardo dos Santos
Isabel dos Santos é a filha mais velha do ex-presidente angolano José Eduardo dos Santos Direitos de autor TIAGO PETINGA/EPA
Direitos de autor TIAGO PETINGA/EPA
De  euronews com LUSA
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Tribunal Supremo de Angola decide arrestar bens da filha do ex-presidente no valor de mais de 940 milhões e euros

PUBLICIDADE

O Tribunal Supremo de Angola ordenou o arresto preventivo de bens de Isabel dos Santos avaliados num total de mais de 940 milhões de euros.

De acordo com o acórdão, a que a Agência Lusa teve acesso, o arresto abrange 100% das participações sociais da empresa Embalvidro, onde a arguida é beneficiária efetiva, todos os saldos das contas bancárias de depósitos à ordem tituladas ou co-tituladas pela filha do antigo presidente angolano José Eduardo dos Santos. Algumas estão sediadas em Moçambique, Cabo Verde ou São Tomé e Príncipe.

Arrestadas foram, também, 70% das participações da empresa de telecomunicações de Moçambique MSTAR em que Isabel dos Santos é beneficiária efetiva, assim como 100% das empresas UNITEL T+ em Cabo Verde e UNITEL STP em São Tomé e Príncipe.

O Tribunal Supremo considera que a empresária lesou o Estado angolano em mais de mil milhões de euros, "em sede de outros processos-crimes", existindo indícios de de "peculato, tráfico de influência, participação económica em negócios e branqueamento de capitais".

A decisão do mais importante Tribunal de Angola teve por base documentos provenientes da petrolífera estatal Sonangol e da Unitel, cartas rogatórias provenientes de Portugal e dos Países Baixos e o tratamento de dados resultante da análise financeira realizada pelo Serviço Nacional de Recuperação de Ativos da Procuradoria-Geral da República angolana.

Este é o segundo arresto de bens de Isabel dos Santos, em Angola, desde 2019.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Isabel dos Santos é procurada pela Interpol

Isabel dos Santos condenada a pagar quase 340 milhões de dólares

Isabel dos Santos perde participação na Unitel