EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Taxa de natalidade cai a pique na Polónia: Saiba porquê

Taxa de natalidade cai a pique na Polónia: Saiba porquê
Direitos de autor euronews
Direitos de autor euronews
De  Julian GOMEZ
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O repórter Julián Gómez foi à procura das razões para uma das taxas de natalidade mais baixas da União Europeia.

PUBLICIDADE

Mais um turno tranquilo para Ewa Dadalska, chefe de uma maternidade na cidade polaca de Wołomin, perto de Varsóvia.

A taxa de natalidade na Polónia diminuiu 40% nos últimos 30 anos, com as mulheres a terem agora uma média de 1,4 filhos.

Ewa mostra-nos os quartos pós-parto desertos: "Há apenas cinco anos, teria sido impensável ter estes quartos vazios. Neste momento, quase todos os dias, estas camas ficam vazias esperam por potenciais mães".

A história por detrás deste fenómeno é complexa. Fatores como a incerteza económica, a falta de segurança no emprego e a mudança de atitudes sociais significam que mais mulheres estão a optar por não ter filhos.

Lei do aborto tem influência

Outros relacionam a queda da taxa de natalidade com as leis restritivas do aborto na Polónia. Desde 2021, o aborto só é permitido em casos de violação ou incesto, ou quando a vida da mãe está em perigo.

Agnieszka Szpila é uma escritora e ativista com duas crianças gravemente deficientes: "As mulheres têm muito medo de ficarem presas na minha situação. A única pessoa com quem uma criança (deficiente) pode contar é a mãe. Nem a sociedade, nem o país, nem o sistema", conta.

"Até as minhas filhas terem 18 anos, têm escola. Mas depois acaba. Ficarão comigo até ao fim das suas vidas. Não posso viver a minha vida da maneira que imaginei".

O governo polaco está a financiar programas para aumentar a taxa de natalidade, tais como o esquema de prestações infantis "Família 500+", mas estes não têm sido muito eficazes.

A acrescentar a este problema está a política de imigração rigorosa do país. Em países como Espanha e Portugal a taxa de natalidade é igualmente baixa, mas os migrantes estão a preencher o fosso demográfico.

Para alguns, a queda da taxa de natalidade é um sinal positivo, pois sugere que as mulheres têm a liberdade de rejeitar as expectativas em torno da maternidade. Uma baixa taxa de natalidade anda frequentemente de mãos dadas com um PIB mais elevado e níveis de educação mais elevados.

Dito isto, a Polónia é uma nação que envelhece rapidamente e muitos temem o futuro.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ameaças da Rússia preocupam flanco leste da NATO

Polónia: Explosão em fábrica de armamento provoca 1 morto

Donald Tusk em campanha para as europeias reúne milhares de apoiantes em Varsóvia