Letónia: carros de condutores embriagados a caminho da Ucrânia

Primeiros oito carros confiscados a condutores embriagados partiram da Letónia para a Ucrânia.
Primeiros oito carros confiscados a condutores embriagados partiram da Letónia para a Ucrânia. Direitos de autor Latvia's State Revenue Service
De  Giulia Carbonaro
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Autoridades letãs apreenderam centenas de veículos

PUBLICIDADE

O primeiro de centenas de carros confiscados pelas autoridades letãs a condutores embriagados iniciou a viagem para a Ucrânia, onde Riga espera ajudar Kiev nos esforços de guerra.

Os ex-proprietários foram flagrados com níveis de álcool no sangue acima de 0,15%.

De acordo com um anúncio do Serviço de Receitas do Estado da Letónia, os primeiros oito carros “que não serão mais conduzidos pelos antigos proprietários – motoristas embriagados” vão para a Ucrânia esta semana.

Os oito veículos foram entregues ao grupo Agendum, que se dedica à entrega de carros – doados ou adquiridos por doação – para chegarem às cidades e à linha de frente devastada pela guerra na Ucrânia. Entre fevereiro a maio de 2022, o grupo diz ter entregue mais de 900 veículos à Ucrânia. No total, já forneceram 1200.

Reinis Pozniaks, do grupo Agendum, publicou na rede social Twitter uma foto dos veículos a serem levados para a Ucrânia na quarta-feira e escreveu: “tentamos acompanhar. A viagem da nossa garagem para a Ucrânia começa hoje. Um carro resgatará não apenas o álcool, mas também o karma ideológico.”

Em outra publicação lamentou o número de condutores embriagados na Letónia, dizendo: "'drones kamikaze' não explodidos nas estradas letãs. Estes não são nem 5% de todos os veículos confiscados. Quantos é que ainda não foram capturados? É bom ajudar a Ucrânia, mas a quantidade de assassinos potenciais nas estradas é realmente assustadora. 1,5 + por mil."

Os carros confiscados pelas autoridades estatais são, geralmente, vendidos, reciclados ou desmontados para peças de reposição. Mas depois de ver o trabalho de um grupo como o Agendum, as autoridades letãs pensaram que esses veículos poderiam ser usados para ajudar os ucranianos.

Em fevereiro, o parlamento letão aprovou uma emenda a uma lei de apoio à Ucrânia, permitindo a transferência de carros estatais.

Pozniaks disse, anteriormente, que cada carro entregue à Ucrânia salva uma vida.

De acordo com o Serviço de Receita do Estado da Letónia, os carros apreendidos a condutores embriagados serão levados pela Agendum “para onde eles são mais precisos.”

A imprensa letã informa que os carros serão entregues às unidades do exército do Ministério da Defesa da Ucrânia, ao Hospital Clínico Regional de Vinnytsia e à associação médica territorial do Conselho de Kupyansk.

As autoridades letãs prometeram entregar duas dúzias de veículos confiscados à Agendum todas as semanas para serem levados para a Ucrânia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Edgar Rinkevics toma posse como presidente da Letónia

Zelenskyy no Fórum dos Três Mares para consolidar apoio regional à Ucrânia

Países Bálticos assinalam os 75 anos das deportações em massa soviéticas para a Sibéria