Sanna Marin participa em funeral de soldado ucraniano

Sanna Marin e Volodymyr Zelenskyy
Sanna Marin e Volodymyr Zelenskyy Direitos de autor AP/Ukrainian Presidential Press Office
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

"Da Vinci", jovem comandante do exército, morreu na batalha de Bakhmut. A chefe do governo finlandês prestou-lhe homenagem na deslocação a Kiev.

PUBLICIDADE

Para muitos ucranianos, Sanna Marin é quase um membro da família.

A primeira-ministra finlandesa tem-se destacado pelo apoio constante a Kiev e pelas críticas à agressão russa. Esta sexta-feira, visitou a capital ucraniana para assistir ao funeral de um soldado considerado um herói nacional e para enviar uma mensagem ao presidente russo.

"Putin sabe que terá de responder pelo crime de agressão. Juntamente com a Ucrânia e com os nossos outros parceiros, a Finlândia apoia os esforços ucranianos para acabar com a impunidade dos líderes russos. O futuro tribunal deve fazer justiça de forma eficiente e responder às exigências legítimas dos ucranianos", disse Marin. 

"Da Vinci" era uma figura emblemática no exército ucraniano

A chefe do governo finlandês ofereceu condolências à família de Dmytro Kotsiubailo, conhecido como "Da Vinci", uma figura emblemática do exército ucraniano, voluntário desde 2014 nas guerras contra os pró-russos e a Rússia, morto agora na batalha de Bakhmut. Com este gesto, a primeira-ministra finlandesa também honrou a memória dos milhares de soldados, voluntários e polícias ucranianos que morreram, até agora, na guerra com a Rússia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Guerra na Ucrânia reaproxima França e Reino Unido

Ataque maciço de mísseis russos atinge cidades ucranianas

Explosões em toda a Ucrânia provocam cortes de energia