EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Reforma das pensões: Macron fala hoje aos franceses

Caricatura de Macron durante protesto contra a reforma do sistema de pensões, em Paris
Caricatura de Macron durante protesto contra a reforma do sistema de pensões, em Paris Direitos de autor AP Photo/Christophe Ena
Direitos de autor AP Photo/Christophe Ena
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Presidente francês quer acalmar tensões, mas não pretende dissolver Parlamento, nem remodelar governo

PUBLICIDADE

Emmanuel Macron vai dirigir-se hoje aos franceses numa entrevista televisiva, depois de mais uma noite marcada por confrontos e protestos contra a reforma do sistema de pensões.

A capital francesa, Paris, viveu ontem momentos de grande tensão entre centenas de manifestantes e forças de segurança, que voltaram a recorrer a gás lacrimogéneo e efetuaram perto de meia centena de detenções.

O presidente francês quer apaziguar a cólera contra a reforma, adotada sem voto do Parlamento graças ao recurso ao polémico artigo 49.3 da constituição.

Mas, segundo fontes próximas, Macron não têm a intenção de dissolver a assembleia, nem remodelar o executivo ou organizar um referendo.

A totalidade dos sindicatos franceses e a oposição continuam a reclamar o abandono da reforma do sistema de pensões, que passa a idade legal de aposentação dos 62 para os 64 anos.

Os protestos quotidianos prometem continuar e para esta quinta-feira está convocada uma nova jornada de greve nacional e, com uma grande maioria dos franceses contra a reforma, segundo as sondagens, espera-se uma mobilização massiça.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Protestos pacíficos manchados pela violência em França

"Muro da Trégua" na Aldeia Olímpica apela à paz no mundo

Presidente da Câmara de Paris nada nas águas do rio Sena