Duelos emocionantes no segundo dia do Grand Slam de Antalya

Manuel Lombardo e os outros integrantes do pódio
Manuel Lombardo e os outros integrantes do pódio Direitos de autor IJF
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Brasil, Bélgica e Itália foram alguns dos países a levar para casa medalhas de ouro.

PUBLICIDADE

Segundo dia do Grand Slam de Antalya: Os jovens turcos encheram o pavilhão Salonu Antalya Spor, para verem os maiores judocas do mundo e assistirem a mais um grande espetáculo de judo.

-63kg (femininos)

A brasileira Ketleyn Quadros, medalhista de bronze nos Jogos Olímpicos de 2008, provou que ainda está entre as melhores, ao vencer por ippon a israelita Inbal Shemesh, quando faltava um segundo para o final do combate. Uma vitória que a brasileira festejou entusiasticamente com as crianças presentes.

Moshe Ponti, Presidente da Associação Israelita de Judo, entregou as medalhas.

-73kg (masculinos)

O italiano Manuel Lombardo enfrentou na final o atual Campeão do MundoTsend-Ochir Tsogtbaatar, da Mongólia, e conseguiu levar a melhor.

Recebeu a medalha das mãos de Mohammed Meridja, diretor de Educação e Treino da Federação Internacional de Judo (FIJ).

-70kg (femininos)

Outra Campeã do Mundo, a croata Barbara Matic, esperava vencer, mas enfrentou uma forte adversária, a japonesa Saki Niizoe.

Um makikomi deu a vitória a Niizoe. Recebeu a medalha de Vladimir Barta, diretor desportivo principal da FIJ.

Disse a judoca japonesa: "Barbara Matic é uma adversária muito forte e foi uma batalha difícil. Fiquei muito feliz por lutar contra ela".

-81kg (masculinos)

Dois antigos campeões do mundo protagonizaram o duelo da final, Matthias Casse, da Bélgica, e Saeid Mollaei, do Azerbaijão. Casse conseguiu imobilizar o adversário no solo e levou para casa o último título de um Grand Slam antes dos Mundiais. Será que consegue recuperar o título em Doha?

Este foi um grande momento de respeito entre 2 grandes atletas. O Diretor-Geral da FIJ, Vlad Marinescu, entregou as medalhas.

"Foi benéfico para mim ter perdido em Paris. Com esta vitória, tenho mais alento para o Campeonato do Mundo. Foi bom perder mais uma uma vez, para agora ter voltado com mais força", disse o judoca belga.

Com tantos jovens judocas a apoiar os atletas da casa, os turcos não deixaram os créditos por mãos alheias e exibiram bom judo neste segundo dia. Marcamos encontro para a terceira e última jornada, domingo, com as categorias mais pesadas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Turoboyev triunfa em casa no Grand Slam de Tashkent

Judo: Ouro para o número um mundial no segundo dia do Grand Slam de Tashkent

Judo: Uzbequistão de ouro no primeiro dia do Grand Slam de Tashkent