Senhor da guerra, Presidente do Kosovo e arguido, o perfil de Hashim Thaçi

Hashim Thaçi
Hashim Thaçi Direitos de autor Visar Kryeziu/AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Senhor da guerra, Presidente do Kosovo e arguido, o perfíl de Hashim Thaçin. Acusado de crimes de guerra e crimes contra a humanidade, enfrenta o tribunal em Haia.

PUBLICIDADE

Hashim Thaçi - nome de código "A Cobra" - foi um dos "generais" do UCK, o Exército de Libertação do Kosovo que, da base do nacionalismo albanês, fez soprar os ventos do separatismo da Sérvia.

Entre 1993 e 1999, foi responsável pelo financiamento do movimento, compra de armas, e recrutamento.

Os combates no final dos anos 1990 deixaram um rasto de 13.000 mortos e só terminaram quando as forças do Presidente sérvio Slobodan Milosevic se retiraram após uma campanha de 78 dias de bombardeamentos da NATO.

Thaçi foi um dos negociadores no processo de paz com a ex-Jugoslávia. Não escondia a simpatia pelos EUA e rapidamente ganhou uma reputação de moderado. Foi esta circunstância que o levou a fazer a transição de guerrilheiro para político.

Ganhou as eleições de Novembro de 2007 como chefe do Partido Democrático do Kosovo. Como Primeiro-Ministro, estabeleceu a proclamação da independência como uma prioridade, que surgiu três meses mais tarde.

Thaçi, ainda hoje em dia, tem o estatuto de herói no Kosovo. Foi eleito presidente em 2016, um mandato que não chegou a terminar. Renunciou em 2020, após o Tribunal Especial para o Kosovo o acusar de crimes de guerra e crimes contra a humanidade.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Kosovo celebra 15 anos da declaração de independência

Palestina acusa Israel de discriminação racial e apartheid

Milhares de sérvios do Kosovo protestam contra decisão de abolir o dinar