Roménia não proíbe importações de cereais ucranianos

Cereais ucranianos
Cereais ucranianos Direitos de autor Diritti d'autore Efrem Lukatsky/Copyright 2022 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A Polónia mantém a proibição das importações mas, esta sexta-feira, voltou a autorizar a passagem dos cereais

PUBLICIDADE

A Roménia não vai proibir unilateralmente a importação e o trânsito de cereais ucranianos, e vai esperar as medidas da Comissão Europeia para ajudar os agricultores da Europa Central e Oriental. A decisão foi anunciada pelo ministro da Agricultura, depois de uma reunião com o homólogo ucraniano.

"Estamos solidários com os agricultores de outros países - Polónia, Hungria, Bulgária e Eslováquia - pois eles também estão solidários connosco e com os agricultores ucranianos, mas temos de fazer as regras em conjunto", declarou o ministro da Agricultura romeno Petre Daea, após uma reunião com Mykola Solskyi, em Bucareste.

A União Europeia aprovou um acordo para estabelecer "corredores humanitários" que permitam a entrada de cereais da Ucrânia e para evitar uma crise alimentar.

Neste momento, a Roménia é o único dos cinco Estados da Europa Central e Oriental que não proíbe as importações de grãos ucranianos.

A Polónia mantém a proibição das importações mas, esta sexta-feira, voltou a autorizar a passagem dos cereais.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

União Europeia investiga abate ilegal de árvores na Roménia

As queixas dos agricultores da Europa de Leste

Dezenas de detidos depois de agricultores franceses bloquearem a circulação nos Campos Elísios