EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Papa agradece acolhimento de refugiados ucranianos na Hungria

Sumo Pontífice ouviu testemunhos de vários refugiados ucranianos
Sumo Pontífice ouviu testemunhos de vários refugiados ucranianos Direitos de autor Andrew Medichini/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
Direitos de autor Andrew Medichini/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Francisco louva acolhimento dado pelos católicos húngaros. Cerca de 35 mil refugiados ucranianos pediram proteção temporária na Hungria

PUBLICIDADE

O segundo dia de visita do Papa Francisco à Hungria foi marcado por agradecimentos. De passagem pela Igreja de Santa Isabel, em Budapeste, o Sumo Pontífice ouviu testemunhos de vários refugiados ucranianos e louvou o acolhimento que tiveram.

Viktoria Kalinchuk é um dos exemplos. "É um homem de fé, não pode mudar a política. Já é suficiente que fale de amor e tolerância", diz-nos..

Isto num país onde o poder tem uma retórica anti-imigração e o primeiro-ministro Viktor Orbán diz que a cultura cristã está sob ameaça.

"O Papa estava a sair e parou, olhou para esta cruz e abençoou-a. Pegou-a com as mãos. Foi um momento muito forte", contava-nos um peregrino.

Cerca de 35 mil refugiados ucranianos solicitaram proteção temporária na Hungria, o número mais baixo entre os países do leste europeu.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

ONU exorta Estados a cumprirem compromissos de proteção dos civis

Zelenskyy encontrou-se com o Papa e com líderes italianos

Calor extremo obriga Hungria a ativar alerta vermelho e coloca em risco pessoas que vivem na rua