Milhares na rua no arranque da campanha para a presidência da Turquia

Recep Tayyp Erdogan e Kemal Kılıçdaroğlu são os dois únicos candidatos às presidenciais de 14 de maio
Recep Tayyp Erdogan e Kemal Kılıçdaroğlu são os dois únicos candidatos às presidenciais de 14 de maio Direitos de autor HANDOUT/AFP
De  Teresa Bizarro
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Mega-comícios marcaram este domingo de campanha. Dois candidatos dividem as inteções de voto: Erdogan, o conservador há 20 anos no poder, e Kılıçdaroğlu, o candidato único da oposição

PUBLICIDADE

Recep Tayyp Erdogan está há 20 anos no topo da hierarquia da Turquia. Chefiou o governo antes de ser eleito para chefiar o Estado e quer renovar o mandato dentro de duas semanas. Pela frente tem Kemal Kılıçdaroğlu, o lider social democrata do Partido Republicano do Povo - nomeado por seis partidos da oposição.

A avaliar pelas sondagens internas, a democracia turca está mais forte do que nunca. Erdogan e Kılıçdaroğlu estão taco a taco nas intenções de voto.

No arranque formal da campanha eleitoral, um mar de gente saiu à rua para apoiar os dois candidatos.

Na capital turca, Ancara, o conservador Erdogan prometeu destruir a oposição "com a ajuda de Deus" e destacou a luta contra o terrorismo como uma das maiores vitórias do seu governo, acusando a oposição de conluio com o Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), o grupo de guerrilha curdo da Turquia.

Kiliçdaroglu promete libertar Demirtas, conhecido pelos seus apoiantes como "Selo", preso desde 2016, e o fundador do PKK, Abdullah Öcalan, preso desde 1999.

O social-democarta piscou o olho aos mais jovens, em Izmir, no oeste do país, um bastião da oposição. Mais de cinco milhões jovens vão às urnas pela primeira vez. Uma geração que só conhece o AKP e Erdogan no poder e que parece pouco politizada. De acordo com as sondagens, só um quinto dos jovens adultos entre os 18 e 25 anos tem intenção de votar no próximo dia 14 de maio.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Desistência de candidato favorece oposição

Responsáveis da discoteca que ardeu em Istambul detidos para interrogatório

Incêndio em discoteca de Istambul faz dezenas de mortos