Zelenskyy promete "surpresa desagradável" para a Rússia

Volodymyr Zelenskyy
Volodymyr Zelenskyy Direitos de autor Yves Herman/Pool via AP
De  João Peseiro Monteiro
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Volodymyr Zelensky mantém o mistério em torno da contra-ofensiva ucraniana mas diz que precisa de "mais tempo"

PUBLICIDADE

A contra-ofensiva ucraniana não é para já. O presidente Volodymyr Zelenskyy explicou que vai ser necessário "mais tempo" porque o novo armamento tem chegado às peças e ainda aguardam material. Se o contra-ataque fosse lançado agora, teriam muitas baixas, sublinhou o chefe de Estado da Ucrânia.

Zelenskyy evitou dar pormenores numa entrevista concedida a Eurovisão em Kiev, porque isso é dar pistas ao inimigo.

Quero que seja uma surpresa desagradável para eles, não o contrário
¨Volodymyr Zelenskyy
Presidente da Ucrânia

A batalha de Bakhmut tem centrado as atenções e apesar da contra-ofensiva estar ainda a ser preparada, as tropas ucranianas terão feito alguns avanços nesta frente. Kiev afirma ter obrigado o inimigo a recuar dois quilómetros.

Uma afirmação que parece confirmada pelas palavras do patrão do Grupo Wagner, Yevgeny Prigozhin, que acusou uma unidade do exército russo de abandonar as suas posições.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Wagner permanece em Bakhmut

Sobreviver na linha da frente à espera da contraofensiva

31 000 soldados ucranianos mortos desde o início da invasão russa