Sete detidos por racismo e incitação ao ódio contra Vinicius Junior

Vinicius Junior
Vinicius Junior Direitos de autor JOSE JORDAN/AFP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Polícia espanhola anunciou três detenções relacionadas com jogo de domingo em Valência e outras quatro ligadas a incidente que remonta a janeiro

PUBLICIDADE

A polícia espanhola deteve três jovens pelo envolvimento nos insultos racistas de que foi alvo o avançado brasileiro do Real Madrid Vinicius Junior, no jogo de domingo no estádio do Valência.

Poucas horas antes, outras quatro pessoas foram detidas em Madrid, acusadas de incitação ao ódio, por terem colocado um cartaz e uma figura enforcada do futebolista, num incidente que remonta a janeiro.

Luis Rubiales, presidente da Federação Espanhola de Futebol:"Enquanto houver um adepto, um único indesejável, ou um grupo de indesejáveis que insulte, seja pela condição sexual, pela cor da pele, pela crença, temos um grave problema."

Os insultos contra o avançado do Real Madrid geraram uma vaga de críticas além fronteiras. 

O presidente brasileiro manifestou o apoio a Vinicius Junior e a estátua do Cristo Redentor foi mesmo apagada em sinal de solidariedade.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Protestos no Brasil para denunciar o racismo na liga espanhola

Dani Alves considerado culpado de violação de uma mulher numa discoteca em Espanha

Barcelona suspeito de corrupção