EventsEventos
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Ataque a Zaporíjia faz baixas civis entre civis ucranianos

ARQUIVO - Presidente da Rússia, Vladimir Putin, com general russo Valery Gerasimov e o ministro da Defesa Sergei Shoigu
ARQUIVO - Presidente da Rússia, Vladimir Putin, com general russo Valery Gerasimov e o ministro da Defesa Sergei Shoigu Direitos de autor Mikhail Metzel/Sputnik
Direitos de autor Mikhail Metzel/Sputnik
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

No mesmo dia do ataque, Moscovo divulgou vídeo de general que não era visto em público desde o fracasso da rebelião do grupo Wagner.

PUBLICIDADE

Quatro pessoas morreram e 11 ficaram feridas após mísseis russos terem atingido o centro de distribuição de ajuda humanitária de Orikhiv, em Zaporíjia, divulgou, nas redes sociais, o governador regional, Yuri Malashko. 

O ataque, classificado por Malashko como "crime de guerra", terá ocorrido durante a madrugada de segunda-feira, numa zona residencial perto da linha da frente de combate.

General russo reaparece em público

Num vídeo divulgado pelo ministério russo da Defesa. Valery Gerasimov aparece em público pela primeira vez desde o fracasso da rebelião do grupo Wagner.

Nas imagens, o general que durante semanas enfrentou a oposição de Yevgeny Prigozhin, líder dos mercenários, é visto a ouvir um relatório do chefe do Estado-Maior das forças aeroespaciais russas e a pedir melhorias na identificação da localização dos mísseis ucranianos.

Ucrânia anuncia "avanço definitivo" em Bakhmut

Sem dar muitos pormenores sobre a atual situação no terreno, Kiev garante que as tropas ucranianas fizeram "um avanço definitivo" a sul de Bakhmut.

A operação é encarada como parte da contraofensiva do país atualemnte centrada na cidade que em maio caiu nas mãos de Moscovo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Exército ucraniano promete "boas notícias" vindas da linha da frente

Sete mortes em ataque russo a centro de distribuição de ajuda humanitária

Ataque russo a Kramatorsk mata escritora ucraniana