EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Europa desespera com a onda de calor

Europa desespera com o calor
Europa desespera com o calor Direitos de autor screenshot Euronews
Direitos de autor screenshot Euronews
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Pivot da televisão austríaca recorre a métodos pouco habituais para manter a cabeça fria

PUBLICIDADE

Para grandes males, grandes remédios, e se a primeira semana de julho foi a mais quente de que há registo é preciso recorrer a métodos poucos habituais para manter a cabeça fria. Foi o que fez Armin Wolf, jornalista da televisão pública da Áustria, que não teve pudor em despejar uma garrafa de água na cabeça a fechar o boletim de notícias.

A Áustria é um dos países afetados pela onda de calor na Europa e as temperaturas superaram os 37ºC, nos arredores de Viena, cidade onde em média a temperatura máxima no mês de julho fica abaixo dos 27ºC.

Para combater a onda de calor, a cruz vermelha a estabelecer vários postos de arrefecimento, devidamente climatizados e onde as pessoas se podem hidratar adequadamente.

Em França, a cidade de Lyon vive os dois extremos. Sob o sol escaldante, o mercúrio nos termómetros sobe bem acima dos 30ºC, mas os dias são polvilhados com tempestades de verão, estando em vigor um alerta laranja para a queda de granizo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Janeiro foi o mês mais quente de sempre

Com previsões de 48º C, Itália emite alerta para calor “extremo” em 16 cidades

Europa atingida por fenómenos meteorológicos extremos