EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Desde o início do ano morreram mais de 2400 pessoas no Haiti, diz ONU

Instabilidade na capital do Haiti já levou muitas pessoas a deixarem as casas.
Instabilidade na capital do Haiti já levou muitas pessoas a deixarem as casas. Direitos de autor RICHARD PIERRIN/AFP or licensors
Direitos de autor RICHARD PIERRIN/AFP or licensors
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

População está a ser vítima da ação de gangues criminosos organizados.

PUBLICIDADE

Desde o início do ano, morreram mais de 2400 pessoas no Haiti, vítimas de violência dos gangues criminosos.

De acordo com a ONU contam-se, também, mais de 350 mortos em linchamentos de moradores e grupos de vigilantes.

A organização Human Rights Watch diz que o país enfrenta uma grave crise humanitária, política, judicial e de segurança.

No Conselho de Segurança da ONU deverão apresentar-se, em breve, opções para o envio de uma força internacional para ajudar a restaurar a segurança no Haiti.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Centenas de reclusos escapam da prisão de Port-au-Prince no Haiti

Cerca de 5 milhões em situação de insegurança alimentar no Haiti devido a violência

Gangues tentam tomar de assalto Palácio Nacional do Haiti