Kremlin nega envolvimento na morte do líder do Grupo Wagner

Yevgeny Prigozhin
Yevgeny Prigozhin Direitos de autor Alexander Zemlianichenko/Copyright 2016 The AP. All rights reserved
De  Euronews com AP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Porta-voz do presidente russo pede confiança nas informações oficiais e desvaloriza "mentiras e especulações do Ocidente".

PUBLICIDADE

No primeiro comentário sobre a morte do líder do grupo Wagner, o Kremlin negou qualquer envolvimento na morte de****Yevgeny Prigozhin. Esta sexta-feira, o porta-voz do Presidente russo rejeitou as alegações de que o Kremlin estaria por detrás do acidente de avião que terá matado o chefe do grupo Wagner.

"Neste momento, é claro, há muitas especulações em torno deste acidente de avião e da morte trágica dos passageiros do avião, incluindo Yevgeny Prigozhin. É claro que, no Ocidente, essas especulações são divulgadas sob um certo ângulo, e tudo isso é uma mentira completa", disse Dmitry Peskov aos jornalistas durante uma conferência telefónica.

Questionado pela The Associated Press sobre se o Kremlin recebeu uma confirmação oficial da morte de Prigozhin, Peskov referiu-se às declarações de Putin feitas na quinta-feira: "Ele disse que neste momento serão efetuadas todas as análises forenses necessárias, incluindo testes genéticos. Assim que as conclusões oficiais estiverem prontas para serem divulgadas, elas serão divulgadas", garantiu. 

Uma avaliação preliminar dos serviços secretos americanos concluiu que o avião foi abatido por uma explosão intencional.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Putin indica que granada de mão pode ter derrubado avião de Prigozhin

Prigozhin sepultado à porta fechada e sem a presença do "amigo" Putin

Valeriy Gergiev foi nomeado diretor do teatro Bolshoi de Moscovo