EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Governo francês proíbe "abaya" nas escolas

Uma mulher com uma "abaya" nas ruas de Paris
Uma mulher com uma "abaya" nas ruas de Paris Direitos de autor MIGUEL MEDINA/AFP or licensors
Direitos de autor MIGUEL MEDINA/AFP or licensors
De  euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O anúncio da proibição do uso de uma túnica muçulmana nas escolas francesas está a causar polémica.

PUBLICIDADE

O Governo francês vai proibir o uso da "abaya" - uma túnica usada por mulheres muçulmanas - nas escolas, no ano letivo que começa na próxima semana. 

O ministro da Educação considera que se trata de um símbolo religioso, sendo a França um estado laico.

Mas uma muçulmana que vive em França explica que a "abaya" é "um vestido para o calor" e não uma "vestimenta religiosa". E sublinha que as pessoas é que querem transformá-la em tal coisa.

A decisão do governo tem sido criticada, nomeadamente pelos partidos de esquerda. Nas ruas, as opiniões são diferentes.

Samyr, reformado, realça que "os franceses não proibiram a 'abaya' nas ruas", o que é sinal de "liberdade" e diz que até é a favor que esta seja proibida nas escolas e noutros locais.

Maya, que trabalha na área da Saúde Mental, considera que "há questões muito mais importantes e pertinentes", como "a situação nos hospitais, as escolas e a vida quotidiana dos franceses, para quem muitas coisas não vão bem".

Segundo o governo, os ataques ao laicismo nas escolas francesas aumentaram 120% nos últimos dois anos letivos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Proibição da "abaya" em França confirmada por Conselho de Estado

Paris 2024: previsões do quadro de medalhas, factos, programa do dia de abertura e quais os recordes que poderão ser batidos

"Muro da Trégua" na Aldeia Olímpica apela à paz no mundo