EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Ataque russo mata dois trabalhadores humanitários na Ucrânia

Ataque russo mata dois trabalhadores humanitários
Ataque russo mata dois trabalhadores humanitários Direitos de autor Evan Vucci/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
Direitos de autor Evan Vucci/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
De  euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Voluntários eram de nacionalidade canadiana e espanhola, ONG dá ainda conta de dois feridos graves

PUBLICIDADE

Dois voluntários de uma ONG perderam a vida na sequência de um ataque russo junto à cidade de Chasiv Yar, no leste da Ucrânia. Os trabalhadores humanitários, um canadiano e uma espanhola, estavam no país para ajudar a retirar feridos da linha da frente. De acordo com a Road to Relief, há ainda dois feridos graves.

Em Kiev, as forças ucranianas denunciaram um ataque com mais de trinta drones russos, a maioria foi neutralizada pelo sistema de defesa aéreo. De acordo com o autarca da capital ucraniana, há um ferido a lamentar. A Rússia, por sua vez, também anunciou ter neutralizado ataques ucranianos no mar Negro e na Crimeia.

Os últimos bombardeamentos surgiram após a polémica declaração final na cimeira de Nova Deli, onde não foi feita qualquer referência à agressão russa na Ucrânia. Para Kiev, o G20 não tem motivos para estar orgulhoso.

Moscovo tem uma visão diferente. Para Serguei Lavrov, "a cimeira demonstrou a relutância do Sul global em reduzir constantemente todas as discussões à crise na Ucrânia. Todos compreendem perfeitamente que seria bom acabar com a crise, com esta guerra que o Ocidente iniciou com as mãos e os corpos dos ucranianos contra a Federação Russa."

A próxima cimeira do G20 está marcada para o Rio de Janeiro, Lula da Silva assegurou que Vladimir Putin seria convidado e que não seria detido, desafiando o mandado de captura do Tribunal Penal Internacional para o chefe de Estado russo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Estaleiro russo na Crimeia a arder e duas embarcações atingidas pela Ucrânia

Rússia reivindica vitória em eleições nas regiões ocupadas e anexadas

Ataque russo à catedral de Kherson provoca vários feridos