Rui Pinto condenado a quatro anos de prisão com pena suspensa

Rui Pinto condenado a quatro anos de pena suspensa
Rui Pinto condenado a quatro anos de pena suspensa Direitos de autor FERENC ISZA/AFP or licensors
De  Euronews com AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

O pirata informático português foi condenado por um total de nove crimes: um crime de tentativa de extorsão, três crimes de violação de correspondência e cinco crimes acesso ilegítimo.

PUBLICIDADE

O homem por detrás das revelações do "Football Leaks" sobre os bastidores do futebol foi condenado por oito crimes informáticos e uma tentativa de extorsão contra o fundo de investimento Doyen Sports.

Apesar de estar acusado de um total de 89 crimes informáticos, Rui Pinto foi condenado por cinco crimes de "acesso ilegítimo" a sistemas informáticos e três crimes de "violação agravada de correspondência". "A liberdade de informar não pode justificar a violação da privacidade", disse a juíza presidente Margarida Alves no início do resumo da sentença que leu no tribunal de Lisboa.

Com 34 anos Rui Pinto afirma ser um delator, mas admitiu perante os seus juízes ter cometido intrusões informáticas ilegais para obter milhões de documentos que começou a publicar diretamente na Internet no final de 2015.

Desde a publicação dos salários de Lionel Messi e Neymar até à acusação de violação de Cristiano Ronaldo, entretanto retirada, passando pelas estratégias do Manchester City para contornar o fair play financeiro e a discriminação étnica no Paris Saint-Germain, o mundo do futebol foi profundamente abalado por esta gigantesca fuga de informação.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Barcelona suspeito de corrupção

Bernie Ecclestone, ex-chefe da F1, declara-se inocente

Onze golfistas processam a PGA e acusam organização de prejudicar a sua carreira