EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Ucrânia reivindica ataque a base aérea russa na Crimeia

AP
AP Direitos de autor AP/AP
Direitos de autor AP/AP
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Visada por nova vaga de bombardeamentos contra várias cidades, Ucrânia reivindica ataque contra base aérea russa na Crimeia

PUBLICIDADE

Pelo menos três pessoas morreram em Kherson e duas dezenas ficaram feridas após bombardeamentos russos contra várias cidades da Ucrânia, incluindo Kiev, onde o fornecimento de água e gás chegou a ser cortado.

A sul da capital ucraniana, um hotel de Chekasy foi atingido. Há pelo menos 10 feridos, dois em estado grave.

Em Nova Iorque, no Conselho de Segurança da ONU, o dedo acusatório era apontado a Moscovo.

Charles Michel, Presidente do Conselho Europeu:"A Ucrânia é um local de crime e o criminoso está sentado nesta mesma sala. Vocês sabem quem são. O Kremlin sonha em restaurar o antigo império russo. Depois da Ucrânia, quem será o próximo? Quem será o próximo a satisfazer a fantasia do passado de Putin?"

A Ucrânia diz ter intercetado 36 de um total de mais de 40 mísseis disparados pela Rússia.

Moscovo, por seu lado, denunciou um novo ataque com drones contra a região ocupada da Crimeia. As forças ucranianas dizem ter atacado uma base aérea russa perto da cidade de Saky e garantem ter “provocado graves danos nos equipamentos das forças ocupantes”.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Pelo menos seis feridos em ataque aéreo russo a zona residencial de Kostiantynivka

Pelo menos seis feridos após ataque aéreo russo em zona residencial de Kharkiv

G7 vai explorar formas de utilizar os ativos russos congelados para ajudar Kiev