EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Milhares assistem à missa do Papa Francisco em Marselha

Este sábado, Papa disse ainda: “quem arrisca a vida no mar não invade, procura hospitalidade, procura vida."
Este sábado, Papa disse ainda: “quem arrisca a vida no mar não invade, procura hospitalidade, procura vida." Direitos de autor Daniel Cole/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
Direitos de autor Daniel Cole/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Sumo Pontífice falou no drama dos migrantes e desafiou os governos europeus a abrirem os portos e a fazerem mais pelas pessoas que fogem das dificuldades e da pobreza.

PUBLICIDADE

Milhares de pessoas reuniram-se no estádio Vélodrome, em Marselha, para assistir à missa celebrada pelo Papa Francisco antes da sua partida da cidade.

De acordo com as autoridades locais, contavam-se mais de 50 mil pessoas no estádio, enquanto cem mil encheram as ruas durante a viagem do papamóvel.

Na presença do Presidente francês, Emmanuel Macron, e da esposa, Brigitte, o Papa Francisco desafiou os governos europeus a abrirem os portos aos migrantes e a fazerem mais pelas pessoas que fogem das dificuldades e da pobreza.

"As nossas cidades metropolitanas e muitos países europeus como França, onde coexistem diferentes culturas e religiões, são um grande desafio contra as aspirações do individualismo, contra o egoísmo e os enclausuramentos que produzem solidão e sofrimento”, lembrou o Sumo Pontífice.

Antes de partir, o Papa Francisco também desafiou a aceitação generalizada do aborto e da eutanásia em muitas sociedades europeias.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

França: Extrema-direita com forte avanço em todas as sondagens

Macron pede que antissemitismo seja discutido nas escolas após violação de uma jovem judia

Líder da extrema-direita opõe-se ao envio de tropas francesas para a Ucrânia