EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Donald Tusk reclama vitória na Polónia

Eleições na Polónia
Eleições na Polónia Direitos de autor Tomasz Gzell/MTI/MTI
Direitos de autor Tomasz Gzell/MTI/MTI
De  Euronews com AP
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Sondagens à boca das urnas dão a vitória ao partido no poder, Lei e Justiça, mas sem maioria parlamentar.

PUBLICIDADE

Na Polónia, as sondagens à boca das urnas indicam que apesar do Partido Lei e Justiça ter sido o mais votado, com 38,6 % dos votos, a oposição de centro-esquerda poderá formar governo.

A Coligação Cívica liderada pelo antigo primeiro-ministro e presidente do Conselho Europeu Donald Tusk terá conseguido 31,6% dos votos e poderá viabilizar um executivo se chegar a acordo com os partidos Terceira Via e Esquerda.

Pouco depois do fecho das urnas, Donald Tusk fez um discurso de vitória. Afirmou que os três partidos da oposição tinham votos suficientes para vencer as eleições legislativas deste domingo.

As sondagens à boca da urna da Ipsos sugerem que a oposição, em conjunto, terá provavelmente conquistado 248 lugares na Câmara Baixa do Parlamento, com 460 lugares, o Sejm. Segundo a sondagem, o Lei e Justiça obteve 200 lugares, enquanto a Confederação de extrema-direita obteve 12 lugares.

"Sou o homem mais feliz do mundo", disse Tusk. "A democracia ganhou. A Polónia ganhou".

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Presidente da Polónia começa a ouvir os partidos com vista à formação do próximo governo

Recontagem de votos arrefece euforia do centro-esquerda na Polónia

Polacos chamados às urnas numas eleições Legislativas com 45% dos eleitores ainda indecisos