EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Erdogan põe Suécia mais perto da NATO

Recep Tayyip Erdogan
Recep Tayyip Erdogan Direitos de autor Francisco Seco/AP
Direitos de autor Francisco Seco/AP
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O presidente turco envia para o parlamento a ratificação da adesão da Suécia à NATO. A decisão é aguardada por Estocolmo há meses

PUBLICIDADE

A Suécia está mais perto da NATO. O presidente turco entregou esta segunda-feira ao parlamento de Ancara o protocolo de ratificação da entrada da Suécia na Aliança Atlântica.

Ancara acusava o goveno sueco acolher activistas e simpatizantes da guerrilha curda, recusando os pedidos de extradição, e também por não travado as manifestações públicas de queima do Corão.

Agora, depois de intensas pressões dos parceiros da NATO, o Recep Tayyip Erdogan validou o protocolo.

Nas últimas semanas, Erdogan fazia depender a luz verde de "concessões de Washington," sem detalhar. Refira-se que a assinatura segue-se ao levantamento, pelo Congresso dos Estados Unidos, do bloqueio à venda de caças F-16 às Forças Armadas turcas.

Cabe agora ao parlamento de Ancara a aprovação final, mas o gesto é visto como uma formalidade.

Suécia e Finlândia abandonaram décadas de neutralidade e pediram para aderir à NATO após a invasão russa da Ucrânia. A Finlândia concluiu o processo em abril passado.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Governo de Orbán rejeita encontro com senadores dos EUA em Budapeste

Youtuber Diamond Tema deixa a Turquia após ameaças de prisão

Líderes dos rivais regionais Grécia e Turquia reúnem-se para estreitar relações