EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

O que é que Meloni conseguiu fazer desde que tomou posse?

Giorgia Meloni
Giorgia Meloni Direitos de autor Manu Fernandez/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
Direitos de autor Manu Fernandez/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
De  Giorgia Orlandi
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Analistas falam num novo estilo de liderança política.

PUBLICIDADE

Algumas das promessas políticas de Giorgia Maloni ainda não foram compridas, sendo a principal a redução da migração ilegal. Numa entrevista recente, Meloni admitiu o facto, dizendo que: "os resultados não foram os que esperávamos". O seu plano de exigir à Tunísia que reforce o controlo das fronteiras e limite as partidas em troca da ajuda financeira da UE ao país do Norte de África falhou até agora.

Para além disso, sondagens recentes sugerem que muitos italianos acreditam que pouco foi feito para lidar com o desemprego e a inflação. Mas, de acordo com os analistas, quando olhamos para o primeiro ano de Meloni no cargo, o principal destaque não é tanto o que ela conseguiu ou não conseguiu - mas sim o quanto ela foi capaz de se transformar para se adaptar a tempos difíceis nestes últimos 12 meses.

De líder política nacionalista e eurocética, passou a ser uma das aliadas mais próximas de Bruxelas. Defendeu o apoio da NATO à Ucrânia e estabeleceu laços estreitos com o Presidente dos EUA, Joe Biden.

A mudança de abordagem da líder em relação a uma série de questões foi bem recebida pelos seus eleitores, com as sondagens a sugerirem que o seu partido Irmãos de Itália tem vindo a ganhar apoio. De acordo com o analista político Lorenzo Castellani, professor de História das Instituições Políticas na Universidade Luiss de Roma, Meloni criou um novo estilo de liderança política.

"Adotou uma nova forma de governar o país que ainda não foi devidamente analisada. Está a meio caminho entre um líder nacionalista muito mediático e alguém que se mantém em  silêncio devido à quantidade de trabalho que tem de ser feito. É uma líder menos agressiva que parece ter mais experiência do que a média dos líderes populistas", obrservaCastellani. 

Os índices de aprovação do seu governo permanecem bastante estáveis. Devido a vários factores, incluindo a falta de um forte partido da oposição, as hipóteses de permanecer no cargo durante todo o mandato são elevadas.

"A Itália viveu 10 anos de instabilidade política e, após a recente vitória da coligação de centro-direita, voltámos a um sistema político bipolar com uma maioria homogénea no Parlamento. Meloni tirou partido de várias circunstâncias e teve sorte. Em primeiro lugar, Matteo Salvini está muito mais fraco do que antes e não pode ameaçar a sua liderança e a morte de Silvio Berlusconi criou um vazio de poder dentro do Forza Italia", sublinha Castellani.

A liderança política de Meloni poderá também ser vista como um fator de estabilização por muitos italianos, numa altura em que a Itália e outros países enfrentam as consequências do recente conflito israelo-palestiniano e da guerra na Ucrânia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Festival Atreju fecha com discursos dos "tenores" da extrema-direita europeia

A pizza napolitana já tem três séculos e quem a faz diz que é a melhor

Meloni procura reforma constitucional para eleição direta do primeiro-ministro