EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Eslováquia anuncia fim da ajuda militar à Ucrânia

"A voz soberana do nosso governo será ouvida", afirma Fico
"A voz soberana do nosso governo será ouvida", afirma Fico Direitos de autor Petr David Josek/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
Direitos de autor Petr David Josek/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Novo primeiro-ministro quer limitar apoio à ajuda humanitária

PUBLICIDADE

O novo primeiro-ministro eslovaco, Robert Fico, anunciou esta quinta-feira o fim do fornecimento de armas à vizinha Ucrânia. O apoio da Eslováquia passará a ser apenas da ordem da "ajuda humanitária e civil".

"A voz soberana do nosso governo será ouvida. E verão uma política externa eslovaca soberana", declarou o chefe do executivo.

O anúncio surge um dia depois de Fico ser nomeado chefe de um governo de coligação que inclui um partido de extrema-direita pró-Rússia.

Ursula von der Leyen, a presidente da Comissão Europeia, escreveu as seguintes palavras: "necessitamos de uma Eslováquia forte, sobretudo no apoio à Ucrânia, para construir uma economia europeia competitiva, com uma forte base industrial, e para fortalecer a segurança europeia".

Para Robert Fico, "a União Europeia deveria passar do estatuto de fornecedora de armas para artesã da paz", acrescentando ainda que a melhor solução para Kiev seria a de "parar imediatamente as operações militares".

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

"Eu perdoo-o": Robert Fico diz que não sente "nenhum ódio" pelo seu agressor

A proliferação de notícias falsas na Eslováquia serve de aviso à UE

Primeiro-ministro eslovaco foi submetido a nova operação e permanece em estado crítico