EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Ataque a aeroporto no Daguestão é "uma tentativa de semear a discórdia"

Ataque a aeroporto no Daguestão
Ataque a aeroporto no Daguestão Direitos de autor AP/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
Direitos de autor AP/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
De  Nara Madeira com AP, AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Líder da Igreja Ortodoxa russa diz que ataque de domingo a um aeroporto no Daguestão é "uma tentativa de semear a discórdia".

PUBLICIDADE

O líder da Igreja Ortodoxa russa, o Patriarca Cirilo I, afirmou esta segunda-feira que o ataque de domingo a um aeroporto no Daguestão é "uma tentativa de semear a discórdia" entre muçulmanos e judeus na Rússia, no meio do conflito entre Israel e o Hamas.

“Considero o que aconteceu como uma tentativa de semear a discórdia entre os muçulmanos e os judeus da Rússia, que há séculos desfrutam de boas relações de amizade e cooperação”,
Cirilo I
Líder da Igreja Ortodoxa russa

Uma multidão, composta por homens, invadiu a pista e o terminal da referida infraestrutura no domingo à noite, supostamente após terem sido informados de que um avião proveniente de Telavive, em Israel, ia fazer escala ali.

Durante os confrontos nove polícias ficaram feridos, dois deles foram hospitalizados.

O ministério do Interior russo anunciava, esta segunda-feira, a detenção de 60 pessoas, e mais de 150 foram identificadas, após a invasão do principal aeroporto em Makhachkala, a capital da república russa do Daguestão, predominantemente muçulmana. 

A mesma fonte acrescentava, em comunicado, que estavam em curso operações de busca para identificar todos os agressores.

A Agência Russa da Aviação informava que o aeroporto só reabrirá terça-feira de manhã.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Invadido aeroporto do Daguestão, uma alegada caça a israelitas em avião proveniente de Telavive

Explosão em bomba de gasolina mata dezenas de pessoas no Daguestão

Estado Islâmico reivindica ataque no Daguestão