EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Palestinianos com dupla nacionalidade e feridos autorizados a sair de Gaza

AP
AP Direitos de autor Hatem Ali/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
Direitos de autor Hatem Ali/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
De  Euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Perto de 550 portadores de passaportes estrangeiros foram autorizados a deixar a Faixa de Gaza. Egipto autorizou também passagem de feridos

PUBLICIDADE

Pela primeira vez desde o início da guerra entre Israel e o Hamas, alguns palestinianos puderam sair da Faixa de Gaza em direção ao Egito, pelo posto fronteiriço de Rafah.

Mas a passagem apenas foi autorizada a palestinianos com dupla nacionalidade, bem como estrangeiros que tinham ficado bloqueados no enclave depois do Egito ter fechado as fronteiras, na sequência do ataque do Hamas contra Israel a 7 de outubro.

Além dos portadores de passaportes estrangeiros, cerca de 550, as autoridades egípcias autorizaram igualmente a entrada do país de nove dezenas de palestinianos feridos nos ataques israelitas, quarenta dos quais crianças. Os restantes feridos são idosos e mulheres.

Segundo as autoridades em Gaza, os ataques israelitas já fizeram mais de 8500 mortos e mais de 21.000 feridos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Forças israelitas tentam isolar cidade de Gaza do sul da Faixa

Maior campo de refugiados de Gaza bombardeado pelo segundo dia consecutivo

Pelo menos 17 palestinianos mortos num ataque israelita a escola que servia de refúgio