EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Maior campo de refugiados de Gaza bombardeado pelo segundo dia consecutivo

Campo de refugiados de Jabalya atacado pelo segundo dia consecutivo
Campo de refugiados de Jabalya atacado pelo segundo dia consecutivo Direitos de autor Abed Khaled/AP
Direitos de autor Abed Khaled/AP
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

As forças israelitas voltaram a bombardear o campo de refugiados de Jabaliya, fazendo um número ainda indeterminado de vítimas. A ONU fala em "atrocidade".

PUBLICIDADE

As autoridades de Gaza confirmaram que o maior campo de refugiados da região foi bombardeado pelo segundo dia consecutivo. O governo do Hamas fala em dezenas de mortos e feridos, com o número total de vítimas ainda difícil de estimar. Receia-se que centenas de pessoas estejam soterradas sob os escombros. Em relação a este novo ataque, a ONU já reagiu e disse que "Israel cometeu numa nova atrocidade".

O Hamas afirma que Israel atacou edifícios residenciais no campo de Jabalya, no norte de Gaza, com muitas vítimas. O apagão nas comunicações em que a Faixa de Gaza voltou a mergulhar na quarta-feira dificulta a recolha de informações. Entretanto, o Ministério da Saúde, dirigido pelo Hamas, elevou o número de mortos em Gaza para perto de 8800.

A organização que governa a Faixa de Gaza, considerada terrorista pelo Ocidente, denunciou um "massacre israelita hediondo" no campo de refugiados, depois de enormes explosões terem provocado dezenas de mortos na terça-feira, em ataques que o exército israelita disse terem matado um comandante do Hamas envolvido nos ataques de 7 de outubro. O Hamas diz também que 16 hospitais em Gaza deixaram de funcionar. 

O exército israelita reconheceu a morte de sete reféns civis. Israel perdeu também 13 soldados, mortos em operações terrestres em Gaza, vários deles quando o veículo onde seguiam foi atingido por um rocket.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ataques de Israel a campo de refugiados na Faixa de Gaza podem ser crimes de guerra, diz ONU

Israel destrói casa de dirigente do Hamas na Faixa de Gaza

Ataque israelita ao campo de refugiados de Nuseirat faz dezenas de mortos