EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Rússia anuncia vitória militar nas margens do Dnipro

Rússia anuncia vitória militar nas margens do Dnipro
Rússia anuncia vitória militar nas margens do Dnipro Direitos de autor Efrem Lukatsky/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
Direitos de autor Efrem Lukatsky/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Kremlin abre as portas a acordo com a Ucrânia e coloca a bola nas mãos de Kiev

PUBLICIDADE

Há um ano a Ucrânia resgatou a cidade de Kherson das mãos da Rússia mas o rio Dnipro, o quarto maior da Europa, continua a ser uma barreira intransponível. Na outra margem, mandam os russos e os ataques contra as posições ucranianas são intensos e constantes, mas não necessariamente precisos.

Ainda assim, a Rússia anunciou ainda ter anulado uma tentativa da Ucrânia para estabelecer uma posição permanente na margem oriental do Dnipro. De acordo com as Forças Armadas russas, a operação custou a vida a cerca de 500 soldados ucranianos na semana passada.

Vladimir Putin, por sua vez, não se aventura no teatro de guerra mas fez uma visita surpresa às tropas estacionadas em Rostov-on-Don, junto à fronteira com a Ucrânia. Segundo a comunicação social russa, discutiu os mais recentes modelos de equipamento militar, mas para o Kremlin, a solução não está necessariamente no campo de batalha.

Dmitry Peskov, porta-voz do Presidente russo, abriu a porta a um acordo com a Ucrânia e colocou a bola nas mãos de Kiev:

"O Presidente Zelenskyy e o regime de Kiev têm estado a prometer freneticamente sucessos militares. Deviam perceber que não vão conseguir uma vitória no campo de batalha. Quanto mais cedo se aperceberem disso, mais cedo mais cedo poderão surgir condições para um acordo."

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Bombas russas atingem Odessa e Ucrânia investiga a morte de 19 soldados

Contraofensiva ucraniana tropeça na falta de armas estratégicas

Pelo menos seis feridos em ataque aéreo russo a zona residencial de Kostiantynivka