Papa fragilizado na audiência semanal

Papa Francisco tossiu por várias vezes durante a audiência geral no Vaticano, esta quarta-feira
Papa Francisco tossiu por várias vezes durante a audiência geral no Vaticano, esta quarta-feira Direitos de autor Gregorio Borgia/AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Com uma gripe desde o último fim-de-semana, Francisco presidiu ao encontro, um dia depois de cancelar a ida à COP28

PUBLICIDADE

O Papa voltou a aparecer em público debilitado, esta quarta-feira. Um dia depois do cancelamento da viagem ao Dubai para participar na cimeira do Clima, Francisco presidiu à audiência geral e assumiu a fragilidade da saúde, passando a palavra.

Com uma voz pouco acima de um sussurro, Francisco justificou a entrega das leituras a um dos assistentes por ainda não estar bem "com esta gripe e este nível de voz".

Francisco fará 87 anos a 17 de dezembro e teve parte de um pulmão retirado quando era jovem pelo que as infeções respiratórias inspiram mais cuidados. 

Esta terça-feira, o Conselho de Médicos aconselhou o Papa a não efetuar a viagem apostólica prevista para os próximos dias ao Dubai, para participar na Conferência das Nações Unidas sobre as Alterações Climáticas.

O papa encontrou no entanto ainda forças para, no final da audiência, manifestar o seu contentamento com as tréguas nos combates entre Israel e o Hamas, e dizendo que espera que continuem "para que todos os reféns sejam libertados e para que seja permitido o acesso necessário para que a ajuda humanitária" chegue a Gaza.

"Falta-lhes pão, água, as pessoas estão a sofrer", disse Francisco.

Sabemos também que, embora alguns dos seus compromissos já tivessem sido cancelados nos últimos dias, o Vaticano confirmou que o seu estado de saúde não sendo bom, era estacionário.

No sábado, o Vaticano confirmou sintomas ligeiros de gripe e, no mesmo dia, o Pontífice foi submetido a uma TAC para excluir o risco de complicações pulmonares, um exame que se revelou negativo. E no domingo, o Pontífice não recitou a oração do Angelus, como é habitual, na janela que dá para a Praça de São Pedro. Fê-lo através de uma ligação vídeo. 

Nos últimos meses e anos, o Papa tem tido vários problemas de saúde. Não é a primeira vez que tem problemas com as suas vias respiratórias. Depois, em junho passado, teve uma operação ao intestino.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Papa Francisco festeja 87 anos

Papa Francisco apela à solidariedade com as vítimas das guerras

Já há árvore de Natal na Praça de São Pedro, no Vaticano