Reinício dos combates em Gaza

Guerra na Ucrânia
Guerra na Ucrânia Direitos de autor Ariel Schalit/AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O ministério da Saúde palestiniano anunciou que pelo menos 109 pessoas foram mortas desde o fim do período de tréguas.

PUBLICIDADE

Os combates e os ataques aéreos na Faixa de Gaza recomeçaram esta sexta-feira. Israel acusa o HAMAS de não ter fornecido uma nova lista de reféns a libertar e de ter disparado rockets contra o território israelita antes do fim das tréguas.

Por seu lado, o Hamas afirma que Israel recusou uma oferta para libertar mais reféns e cadáveres em troca da libertação de prisioneiros. O grupo palestiniano também anunciou ataques com mísseis em direção a Israel em resposta à morte de civis.

As autoridades sanitárias de Gaza anunciaram que pelo menos 109 pessoas foram mortas desde o fim do período de tréguas. A travessia de camiões de ajuda e de alimentos através da passagem de Rafah foi interrompida por causa do recomeço dos bombardeamentos.

Segundo Ministério dos Negócios Estrangeiros do Qatar, as negociações entre os dois lados do conflito continuam através de mediadores.

O Hamas mantém 137 reféns em Gaza.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Guerra Israel-Hamas, dia 60: As bombas e o plano de inundar os túneis

Combates intensificam-se na fronteira Israel-Líbano

Programa Alimentar Mundial suspende distribuição da ajuda alimentar no norte de Gaza