EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Filho de Joe Biden é acusado de evasão fiscal

Hunter Biden, filho do presidente dos Estados Unidos, sai após uma audiência em tribunal, em julho, em Wilmington, no estado de Delaware.
Hunter Biden, filho do presidente dos Estados Unidos, sai após uma audiência em tribunal, em julho, em Wilmington, no estado de Delaware. Direitos de autor Julio Cortez/AP
Direitos de autor Julio Cortez/AP
De  Verónica Romano com AP
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Hunter Biden é também alvo de acusações federais de posse de arma.

PUBLICIDADE

Hunter Biden foi acusado de nove crimes fiscais na Califórnia, esta quinta-feira.

O filho de Joe Biden terá evitado pagar pelo menos 1,4 milhões de dólares (1,3 milhões de euros) em impostos entre 2016 e 2019, período em que reconheceu ter lutado contra a dependência de drogas. 

O arguido "gastou milhões de dólares num estilo de vida extravagante em vez de pagar as suas contas fiscais", disse David Weiss, o procurador que supervisiona a investigação a Hunter.

O filho do presidente dos Estados Unidos pode ser condenado a 17 anos de prisão, no máximo.

Em julho, Hunter decalrou-se não culpado dos crimes de fraude fiscal. 

Tinha acordado com os procuradores fazer o contrário, em troca de apenas dois anos em liberdade condicional. No entanto, uma juíza suspendeu a execução do acordo, porque sobre Hunter, pende um outro processo judicial.

O filho de Biden enfrenta acusações federais de posse ilegal de arma no estado de Delaware. Em 2018, terá violado a lei que proíbe "consumidores habituais de drogas" de terem armas de fogo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Antigo informador do FBI acusado de mentir sobre ligações de Joe e Hunter Biden à Ucrânia

Câmara dos Representantes aprova inquérito de destituição a Biden

Trump sugere que vai manter discurso agendado para a Convenção Republicana