EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Ataque russo a estação de comboios faz um morto e quatro feridos em Kherson

Força Aérea russa dispara foguetes durante missão na Ucrânia
Força Aérea russa dispara foguetes durante missão na Ucrânia Direitos de autor AP/Russian Defense Ministry Press Service
Direitos de autor AP/Russian Defense Ministry Press Service
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Um ataque russo numa estação de comboios em Kherson, no sul da Ucrânia, fez um morto e quatro feridos. A estação de comboios tinha cerca de 140 pessoas.

PUBLICIDADE

Um bombardeamento russo atingiu na terça-feira uma estação de comboios em Kherson, no sul da Ucrânia, e fez pelo menos um morto e quatro feridos.

O ministro do Interior da Ucrânia disse que os civis estavam a preparar-se para sair da cidade quando o ataque russo ocorreu.

"Kherson à noite. Cerca de 140 civis estavam numa estação à espera de um comboio de evacuação. E foi esse o momento em que o inimigo começou uma bombardeamento massivo na cidade", escreveu Igor Klymenko no Telegram.

Dois dos feridos serão civis, que foram atingidos por estilhaços. Os outros dois feridos são agentes da polícia. 

A vítima mortal era um polícia da região de Kirovohrad, que ficou ferido durante o ataque russo, mas não resistiu aos ferimentos.

Na terça-feira, o exército ucraniano revelou que os militares da força aérea destruíram um navio de guerra no porto de Teodósia, na Crimeia.

No discurso noturno de terça-feira, o presidente ucraniano Volodymyr Zelenskyy deixou "agradecimentos especiais" à Força Aérea ucraniana pelo "bom trabalho".

O Kremlin também confirmou na terça-feira que um navio russo ficou danificado durante um ataque ucraniano na Crimeia anexada. Já o exército ucraniano garante ter "destruído" o navio.

Segundo as autoridades ucranianas, o navio estava carregado de drones Shahed produzidos pelo Irão, frequentemente usados por Moscovo no conflito.

O ataque também deixou um morto e dois feridos e danificou seis edifícios, de acordo com o governador russo da região da Crimeia, Sergei Aksionov.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Guerra de drones na Ucrânia

Dez prisioneiros de guerra ucranianos regressam a casa após anos de cativeiro russo

Ucrânia alerta para reforços russos. NATO atenua linhas vermelhas sobre uso de armas ocidentais