Polónia diz que míssil russo dirigido à Ucrânia entrou no espaço aéreo do país

Um míssil russo entrou no espaço aéreo da Polónia, esta sexta-feira, segundo as forças de defesa do país.
Um míssil russo entrou no espaço aéreo da Polónia, esta sexta-feira, segundo as forças de defesa do país. Direitos de autor Michal Dyjuk/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Autoridades polacas dizem que um míssil russo entrou no espaço aéreo nacional, no mesmo dia em que Moscovo lançou um dos maiores ataques aéreos em território ucraniano.

PUBLICIDADE

A Polónia informou que um objeto não identificado entrou no espaço aéreo do país na manhã de sexta-feira. As autoridades acreditam que se trata de um míssil russo disparado para território ucraniano.

“Tudo indica que um míssil russo entrou no espaço aéreo polaco. Detetámo-lo através do radar. Deixou imediatamente o espaço aéreo polaco”, dirigindo-se para a Ucrânia, disse o chefe do Estado-Maior do exército polaco. O general Wieslaw Kukula acrescentou que o país tem "confirmações do radar, tanto a nível nacional como dos nossos aliados”.

O míssil sobrevoou o espaço áreo polaco durante três minutos, percorrendo uma distância de cerca de quarenta quilómetros. 

O alerta da Polónia coincidiu com o dia em que a Rússia lançou um dos maiores ataques aéreos contra a Ucrânia.

A Polónia faz fronteira com a Ucrânia e é membro da NATO e da União Europeia.

O presidente polaco, Andrzej Duda, convocou uma reunião de emergência do Conselho de Segurança Nacional, após o míssil ter sobrevoado o país. O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, revelou que já entrou em contacto com o presidente polaco para manifestar o apoio da Aliança Atlântica.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ataque ucraniano em Belgorod fez pelo menos 20 mortos

EUA anunciam último pacote de ajuda militar disponível para a Ucrânia

Polónia quer acelerar reforço da segurança na fronteira com a Bielorrússia